05 agosto 2013

Ciabatta do Jamie Oliver

Ciabatta

Sempre fui uma pessoa avessa à rotina. Qualquer atividade sistemática e repetitiva me deixa insegura e entediada, ao contrário do que é para outras pessoas. Não consigo viver sem o elemento surpresa, mesmo que esse, por exemplo, seja fazer algo extremamente chato porém em um lugar da cidade que não costumo visitar ou passar com frequência. Adoro acordar em uma cidade e dormir em outra, de mudar de planos no meio do caminho, de descobrir alguma coisa diferente mesmo nas coisas mais conhecidas.


Não sei se é por conta da idade, ou de estar me aproximando de uma data que julgava estar ainda há muitos anos mais além, começo a ver alguma graça em fazer as coisas com um certo ritual. 

Manhã de domingo, por exemplo, é o dia do meu café da manhã mais demorado e de passar a manhã cozinhando. Claro que com algumas exceções, mas tenho observado que há tempos as coisas têm acontecido assim. Sábado é dia de comer fora e domingo prefiro almoçar em casa. Poderia até dizer que sábado é dia do descanso e domingo o dia do prazer.

Pois esse último não fugiu à essa nova regra. Fiz bolo e aproveitando o forno quente assei esse pão, tudo ao mesmo tempo enquanto preparava o almoço. Para alguns isso seria um dia de trabalho. Para a Bruxa, um dia de lazer.

Sobre o pão, bem, algumas coisas não precisam ser necessariamente surpreendentes para serem boas. Receita básica de pão do Jamie Oliver, do seu livro "Jamie Oliver - o Chef sem Mistérios", que sempre dá certo, agrada e é simples e de fácil execução. Mais um pão de sucesso para minha bagagem. Recomendo!


Ciabatta

Ciabatta
(renderam 2 pães de aproximadamente 30 x 10 cm)

Ingredientes
10 g de fermento biológico seco ou 15 gramas de fermento fresco - para pães
1 colher (sopa) de açúcar
300 ml de água morna (dividida em 2 partes)
250 g de farinha de trigo
250 g de semolina
1 colher (sobremesa) de sal
3 colheres (sopa) de azeite de oliva
semolina extra para pulverizar no pão

Ciabatta

Preparo
Dissolva o fermento com o açúcar e a metade da água morna (150 ml). Aguarde 5 minutos.
Em uma tigela média, coloque a farinha, a semolina e o sal. Junte o fermento dissolvido, mexendo até incorporar os ingredientes secos. Adicione o restante da água, usando os dedos para formar a massa uniforme.

Enfarinhe levemente a bancada, despeje a massa e trabalhe sovando-a de 10 a 15 minutos. Forme uma bola com ela. Unte um recipiente levemente com óleo ou azeite e coloque a massa dentro dele, cobrindo com um pano seco e limpo e deixando em lugar quente e sem vento até dobrar de volume.

Volte a massa crescida para a bancada, aperte para retirar as bolhas de ar e acrescente o azeite, sovando por mais 1 minuto.

Divida a massa em 2 partes, faça um rolo de 25 cm de comprimento com cada uma. Coloque em assadeira enfarinhada e aperte com os dedos esses rolos para modelar os pães no tamanho de aproximadamente 30 cm de comprimento, 10 cm de largura e 2,5 cm de altura. Faça uns três cortes na diagonal, salpique semolina e deixe crescer novamente em lugar aquecido por mais uns 30 minutos.

Leve para assar em forno preaquecido a 240 graus por 20 minutos. No fim desse tempo, abra o forno para retirar o vapor, abaixe para 200 graus e deixe por mais 20 minutos até notar uma casquinha dourada e crocante e ao bater na base do pão esse fazer um som oco.


10 comentários :

  1. Fiz uma vez mas com um preparado.
    Assim deve ser bem melhor.
    Lindo ele ficou.
    Boa semana
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Que linda Ciabatta San. Gostei muito da massa. Ficou perfeita. Adorei. Beijinhos, ótima semana

    ResponderExcluir
  3. Maravilhosa a ciabatta Sandra!

    Beijos e boa semana!

    ResponderExcluir
  4. Que interior fantástico, ficou com uma textura deliciosa :)

    ResponderExcluir
  5. Ao contrário de você, sou megablaster sistemática. Não gosto de nada improvisado.A rotina e receitas testadas e aprovadas me dão segurança.Lindo pão!

    ResponderExcluir
  6. Oi Sandra o tempo vai nos moldando aos poucos e só percebemos depois de algumas mudanças maiores.Não digo que seja pela idade e sim pela experiência que se torna maior com o tempo e vamos aprendendo a separar o que é bom e o que nem é tão bom assim.E falando no que é bom esse pão ficou lindo, nunca fiz ciabatta fiquei com vontade.Beijos e uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  7. Adoro as receitinhas do Jamie Oliver... E esse pão deve estar D+
    Beijos Márcia (Rio de Janeiro - Brasil).
     
    http://decolherpracolher.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Adorei seu espaço que conheci no SIMPLES ASSIM... Estrou a lhe acompanhar. Grande abraço!!!

    ResponderExcluir
  9. Olá! Fiz esta receita, mas achei que o pão ficou meio seco, esfarelando... E a casca, apesar de não ter dourado o tanto que eu gostaria, ficou muito dura. Onde foi que eu errei??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marina, tudo bem?
      Pergunta difícil de lhe responder, não posso imaginar se você seguiu a receita. Esse pão já fiz algumas vezes e sempre sai fofinho e macio e com uma casquinha fina e crocante.
      Desculpa não ter como lhe dar essa resposta.
      Abraço

      Excluir

Sua visita e seu comentário são muito importantes para o Caldeirão. Comentários somente com intuito de fazer propaganda serão deletados.

Obrigada e volte sempre!