06 novembro 2018

Bolo mesclado de baunilha e chocolate


Bolo mesclado baunilha e chocolate


Dias atrás fui convidada para um "Open Doors" na Escola Le Cordon Bleu São Paulo, considerada uma das melhores do mundo. Conhecemos os cursos, as instalações e participamos de uma aula expositiva. Uma das receitas que aprendemos, o clássico "Bolo Floresta Negra" você pode acessar no meu Instagram @receitasdocaldeirao (se anda não segue, saiba que lá tem conteúdo exclusivo que não tem aqui no blog).

Pois bem, o que eu realmente queria colocar é que muitas vezes executamos uma receita sem saber a técnica que existe por trás dela. Para quem quer seguir na área de Gastronomia, isso é muito importante. Nos faz entender o porquê de algo ter dado certo ou não. Alguns detalhes que o conhecimento nos faz ter mais segurança para podermos arriscar nas criações.

Lembro também na Semana Mesa SP 2017, que a chef confeiteira Carole Crema abordou esse tema na sua aula. Naquela ocasião, fez uma explanação básica dos métodos dos bolos. O mais interessante, na minha opinião, foi que ela afirmou que é possível fazer bolo sem uma receita precisa, mas seguindo o método escolhido. Vou explicar melhor.

30 outubro 2018

Pudim de tapioca #paz

Pudim de Tapioca

Só para introduzir, esse texto não é somente sobre política. Diria que ele é uma reflexão minha sobre o comportamento humano. Por coincidir com um momento tão difícil que estamos vivendo no Brasil é que fiquei motivada a trazer uma receita com um assunto tão complexo.

Não consigo pensar em nada além de alguns conceitos e frases feitas - por mais piegas e clichês que possam parecer - para ilustrar meus sentimentos nesses tempos tão duros.

"Em tempos de ódio, é melhor andar amado. Ame seu próximo como a si mesmo. Temos dois ouvidos uma só boca, portanto, ouvir é mais importante que falar. O cérebro está acima do coração, então, use a razão e a reflexão para tomar decisões. Coloque-se sempre no lugar do outro. Não faça aos outros o que não gostaria que fizessem a você. E, por fim, o ódio é contagioso; o amor é contagiante".

16 outubro 2018

Pãezinhos de coco #worldbreadday2018


Pãezinhos de coco


O Caldeirão existe desde antes do boom das mídias sociais. Lá nos idos de 2010, ano que comecei a aventurar-me a escrever um blog de receitas, a blogosfera fazia sua própria rede de compartilhamento, interação e engajamento. 

Assim - e como adoro fazer pães - logo que tomei conhecimento da iniciativa da Zorra do blog Kochtopf, aderi a essa postagem coletiva chamada World Bread Day que ocorre todos os anos na data de hoje, 16 de outubro, desde 2006.

Tirei o pó so blog e aqui estou para representar o Brasil, juntamente com minhas queridas amigas padeiras que conheço não só virtualmente, mas também pessoalmente. Se quiser checar outros pães que fiz em anos anteriores, é só clicar em cima do nome da receita. Tem o Pão Challah em 2012, Pão Sueco em 2013, Pão Preguiçoso em 2015, Pão Flor com Goiabada em 2016, o Pão Sírio em 2017 e esse que trago hoje.

08 agosto 2018

O bolo dos meus 55

Bolo aniversário


"Deus me livre de ser normal!" 

Começo esse post com essa frase de um dos meus gurus nessa vida, o saudoso Iogui Professor Hermógenes, para ilustrar o dia de hoje, quando completo cinco décadas e meia de vida.

Não tenho nada a contar à respeito de atos importantes que eu tenha feito em prol da humanidade como um todo. Até agora não consegui mudar o mundo - na verdade, mal consigo cuidar do meu próprio - e não estou nem perto de ter sido um ser humano que mais propiciou ao planeta do que impactou o meio ambiente ou foi capaz de diminuir sua pegada de carbono. Enfim, se fosse o caso de fechar a conta nesse momento, saio dessa vida como devedora.