terça-feira, 16 de outubro de 2012

Pão Challah #World Bread Day

Pão talvez seja um dos alimentos mais democráticos do mundo e imagino também um dos mais antigos. Toda cultura nesse planeta faz da mistura de farinha, água e levedo, com algumas variações, uma receita tanto cultuada como consumida diariamente.

Hoje na blogosfera comemora-se o 7o. World Bread Day (Dia Mundial do Pão) iniciativa desde 2006 do blog Kochtopf.

Minha participação é com esse pão de origem judaica, o Challah, um pão trançado, simbolizando em cada uma das suas pontas a Verdade, a Paz e a Justiça. As sementes de papoula representam o Maná caído do céu.

Gosto muito das receitas comemorativas e cheias de significados, achei que seria uma maneira bacana de dar a minha contribuição a esse dia. A receita fui buscar no blog Anasbageri, uma referência para os amantes de pão, como eu. Fiz algumas adaptações na receita original, prefiro usar o fermento fresco ao seco, coisa minha. Também reduzi as quantidades para dar um só pão.


Pão Challah (World Bread Day)


Pão Challah (World Bread Day)

Pão Challah
(1 unidade de aproximadamente 23 cm de diâmetro)
receita original DAQUI

Ingredientes
>esponja
80g de farinha de trigo
1 tablete (15g) de fermento biológico fresco (para pães)
2 colheres (sopa) de açúcar
50ml de água
>massa
300g de farinha de trigo (aproximadamente)
40g de açúcar
2 ovos ligeiramente batidos
1 colher (chá) de sal
1 colher (sopa) de mel
1 colher (sopa) de azeite de oliva - usei extra virgem
1 colher (sopa) de água
>para pincelar
leite o quanto necessário
sementes de papoula ou outro (opcional)

Pão Challah (World Bread Day)

Preparo
>esponja
Em um recipiente de tamanho médio dissolva o fermento com o açúcar até virar um creme. Misture a farinha e adicione a água, mexendo até dissolver bem. Cubra com um pano seco e deixe levedar até formar uma massa esponjosa (cerca de 1 hora, dependendo da temperatura ambiente).

>massa
Depois da esponja pronta, adicione os outros ingredientes, tomando o cuidado de acrescentar a farinha aos poucos. Despeje essa massa em bancada enfarinhada, unte as mãos com azeite e trabalhe por uns 10 minutos no mínimo. Caso necessite, acrescente farinha aos poucos até sentir que a massa não está grudenta.
Coloque essa massa em um recipiente untado com azeite, cubra e deixe descansando em lugar quente e não ventilado até dobrar de volume. Quando isso acontecer, divida em 3 pedaços iguais, fazendo rolos compridos de igual tamanho. Faça uma trança e una as pontas, formando uma coroa (ou dê o formato que preferir). Coloque em fôrma untada e deixe crescer até dobrar de volume.

Pincele com leite e cubra com as sementes de papoula. Leve para assar em forno pré aquecido a 180 graus até a superfície do pão ficar dourada.

Nota: se o ambiente estiver muito frio e o pão estiver demorando a crescer, o fato de colocar para assar no forno em temperatura bem baixa vai fazer com que ele aumente o volume.




19 comentários :

  1. Que pão tão lindo. Parece ser delicioso.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. É uma excelente escolha j´+a fiz e gostei muito.
    O seu ficou tão lindo.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. este é um dos meus pães favoritos, costumo fazer sempre. o seu ficou um encanto. linda participação. bjs

    ResponderExcluir
  4. A aparência desse pão está maravilhosa, fico aqui imaginando ele saindo do forno e quentinho,deixar escorregar uma manteiguinha...hum!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Merhabalar, ne kadar güzel, leziz ve iştah açıcı bir görüntüsü var. Ellerinize, emeğinize sağlık.

    Saygılar.

    ResponderExcluir
  6. Sandra,
    Esse ainda não fiz e minha lista de pães é infindável. Fico feliz por minha chamada ao WBD ter feito você aderir. Precisamos ter representantes do Brasil, que amam fazer pão, como nós.
    Um belo e significativo pão!! Ah, um naco agora com azeite!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Que belo pão :)
    beijinhos
    Addicted
    http://cookaddiction.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  8. Hummmmmmmm deve ficar delicioso, ainda não fiz esse pão, está na lista.
    Estou adorando ver as publicações de hoje, é cada pão lindo...uma blogagem maravilhosa e da qual fico feliz em participar.
    Parabéns pela escolha do pão, suas fotos estão tentadoras!!!
    Bjuss!!!

    ResponderExcluir
  9. Sandra que receita maravilhosa! Deve ter ficado com delicioso sabor....vou levar a receita comigo!
    Bjs
    Mel

    ResponderExcluir
  10. Só tenho uma palavra...PERFEITO!
    Beijinho

    ResponderExcluir
  11. Maravilhoso, adoraria experimenta-lo.

    Beijos, boa tarde, grande abraço, boa sorte e....merci.

    ResponderExcluir
  12. Este evento está espetacular,

    Cada pão mais lindo que o outro,

    Felicíssima a sua participação, seu Challah ficou divino!

    ResponderExcluir
  13. Sandrinha,
    o seu pão ficou simplesmente maravilhoso!
    Eu amo fazer pães essa receita vai p/ minha lista!

    Que as bençãos de Deus esteja sempre em seu lar!
    bjs ♥

    ResponderExcluir
  14. Que lindo pão, Sandra! Realmente cheio de significado. Já conhecia de nome, mas nunca tive a oportunidade de experimentar e muito menos conhecia a receita, o toque de mel deve deixá-lo bem gostoso. Fora que, se beleza põe mesa (na culinária põe!), a sua já está mais que posta, tá bem lindo :) Bela contribuição neste Dia do Pão! Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Grande contribuição Sandra! Seu pão está LINDO!
    Fiquei doida por uma fatia =)
    Bjos
    Tania

    ResponderExcluir
  16. Esse pao e uma delicia e muito vendido aqui nos States. Custa em torno de $5.00. Mas, ele me lembra muito o pao de leite do Brasil. Sera que tem alguma coisa em comum? Abracos

    ResponderExcluir
  17. Esse pão deve ser delicioso mesmo. A imagem parece pão de panificadora e não feito em casa. Ficou lindo.
    bjos

    ResponderExcluir
  18. Wonderful Challah!
    Thank you for baking for Word Bread Day. Hope you will join us next year again!

    ResponderExcluir

Sua visita e seu comentário são muito importantes para o Caldeirão. Comentários somente com intuito de fazer propaganda serão deletados.

Obrigada e volte sempre!