27 abril 2012

Pão de milho e leite condensado & o charme dos bons e velhos cadernos de receitas

Nesses nossos novos tempos em que alguns atualizam suas leituras em tablets e afins, anotar receitas num prosaico caderninho parece um hábito um tanto quanto ultrapassado. Eu mesma tenho o Caldeirão como fonte de consulta e venho muitas vezes pegar receitas já postadas para fazê-las novamente.

Apesar disso, já falei um pouco aqui do significado que o caderno de receitas da minha mãe tem pra mim. Também já contei que o nome desse blog veio de um que uma amiga querida me presenteou no meu aniversário. Mas ainda não revelei minha paixão antiga pelo meu bom e velho surrado caderninho de receitas que tenho a anos. Imagino que ele não tenha nada de diferente de tantos outros que as pessoas que gostam de cozinhar possuem: é velhinho, carcomido pelo tempo, de páginas engorduradas e amareladas, com as receitas anotadas à mão, algumas com letra mais caprichada, outras em que a pressa mas faz parecer um garrancho. Perdeu a capa, é verdade, mas nunca o charme.

Nele também tem preciosidades, como as anotações feitas pela minha filha quando era pequena e estava começando a ser alfabetizada, com as letrinhas espelhadas, coisas que de ver hoje em dia emociona tanto a ponto de ficar com lágrimas nos olhos. 

As receitas antigas, de família ou de amigos estão todas lá.  Também estão alguns recortes de embalagens com receitas que supostamente seriam feitas algum dia. Essa de hoje, por exemplo, é um caso desses. Veio com o leite condensado Moça quando esse ainda era embalado com papel sobre a lata. Estava esperando por sabe-se lá quanto tempo para ser feita. Fiz algumas alterações na receita original e ficou uma delícia.

Tardou mas não falhou. Valeu a espera.









Pão de milho e leite condensado
(renderam 2 pães de 30cm)

Ingredientes
>levedo
2 tabletes (30g) de fermento biológico fresco - para pães
1 colher (sopa) de açúcar
1/2 xícara (chá) de leite morninho
1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
>massa
500g de farinha de trigo (aproximadamente)
200g de farinha de milho ou fubá (peneirada)
2 ovos (de preferência orgânicos)
1 lata de leite condensado
60g de manteiga sem sal em temperatura ambiente



Preparo
>levedo
Em um recipiente dissolva o fermento no açúcar até reagir e formar um creme. Acrescente o leite e a farinha. Mexa bem, cubra com um pano e aguarde até levedar (aproximadamente 1/2 hora).

>massa
Em outra tigela grande coloque os outros ingredientes e o levedo (após o tempo necessário). Mexa até a massa desgrudar das mãos. Enfarinhe a bancada, despeje a massa e faça a sova por pelo menos 10 minutos. 
Dica: não coloque a farinha de trigo de uma vez, deixe mais ou menos uns 100 gramas para dar o ponto aos poucos. Se necessário, acrescente um pouco mais, mas sempre aos poucos.

Faça uma bola com a massa, coloque-a de volta na tigela, cubra com um pano e deixe crescer em lugar quente e não ventilado até dobrar de volume.  Preaqueça o forno a 200 graus, divida a massa ao meio e dê o formato de pão que desejar. Para fazer como na foto divida cada uma das metades em 2 partes, fazendo um rolo com cada uma e depois enrole-as uma com a outra. Feito isso coloque o pão em assadeira untada e enfarinhada, pincele com leite e salpique gergelim (opcional). Leve para assar até dourar levemente.


E ele, meu caderninho querido!

14 comentários :

  1. BOM DIA AMIGA!
    EU TBM TENHO CADERNOS E LIVROS QUE MINHA MÃE DEU SÃO COMO TESOUROS, GUARDO COM CARINHO E FAÇO MUITOS RECEITAS COM ELES. UNS TBM ESTÃO ASSIM SEM CAPA E AMARELADOS PELO TEMPO.
    ESTE PÃO FICOU PERFEITO, O SABOR COM CERTEZA DELICIOSO!

    TENHA UM FINAL DE SEMANA ABENÇOADO, JUNTO A SUA FAMÍLIA!
    BJS ♥

    ResponderExcluir
  2. Bom dia, Sandra! Acho que todas nós nos identificamos com este post. Mesmo hoje eu ainda continuo transcrevendo as receitas que vejo pela internet em cadernos, acho mais confiável! rss
    Fiz um pão seu esta semana, ficou delicioso e muito bonito, eu imitei seu trançado tbm! :)
    Este aqui que leva meu ingrediente favorito já entrou na minha listinha já!
    Bjss e um ótimo final de semana!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Sandra,

    Como eu admiro sua capacidade de estar sempre identificando e irradiando as coisas boas da vida.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Sandra, isso me lembrou o velho caderno de receitas da minha mãe, que gostava de folhear mesmo antes de aprender a ler - e pensando bem, receitas foi uma das primeiras coisas que aprendi a ler, de tanto olhar os livros e cadernos dela. Mas minha mãe nunca gostou das coisas muito velhas, e logo reciclava os caderninhos, escrevendo novos, eliminando essas receitas anotadas e nunca preparadas. Acho uma pena não ter esse registro hoje, mas ainda sigo anotando as coisas nos meus cadernos...
    E esse pão já será logo anotado num deles, pode apostar!
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Ai Sandrinha...como sei dessas emoções em rever cadernos assim, também tenho os meus e dentro está cheio dessas coisinhas dos filhos que vendo hoje me mata de saudade, e quanta...snif,snif!

    O pão de milho é um dos meus preferidos, copiei a receita para testar aqui, o aspecto está maravilhoso!

    Beijão querida!

    ResponderExcluir
  6. Sandra, que maravilha de pão! E o caderninho de receitas, acho q todas que curtem cozinhar tem um amarelinho pelo tempo. Eu também tenho um velho de fazer dó! Quando casei comprei um novo, chiquérrimo da tilibra e acredite se quiser: nunca usei, o meu velhinho está lá, guerreiro de sempre!
    Minha mãe tem um, que ela fez numa agenda permanente, acho que vou dar uma roubadinha para copiar as receitas!!!

    Bjossss
    Dani

    ResponderExcluir
  7. Sandra, o pão ficou um espetáculo de lindo! Tá de comer com os olhos (o que, infelizmente, é tudo que posso fazer, rs). Não tenho caderno, já comecei "anotando" minhas receitas no computador, mas minha mãe tem um cadernão, com coisas coladas e letras de todas as filhas por lá, uma relíquia :) Beijos!

    ResponderExcluir
  8. SANDRA ADOREI O TEU PÃO,FICOU LINDO DEMAIS ,NUNCA USEI LEITE CONDENSADO EM PÃO.
    TENHO MUITO CADERNOS DE QUANDO ERA MAIS NOVAS ,AGORA TENHO MONTES DE REVISTAS.
    BOM FIM DE SEMANA
    BJS

    ResponderExcluir
  9. Maravilha de sugestão para o fim-de-semana!
    Tem uma cor mesmo apetitosa.

    ResponderExcluir
  10. Oi San querida creio que todas nós temos um caderninho de receitas antigo, que foi da mãe, da avó, e com receitas deliciosas, as vezes faço uma procura no meu e encontro receitas deliciosas, que de fato valem a pena, pelo sabor e pelas lindas recordações que vem junto com a receita. Esse pão ficou maravilhoso de lindo e sem sombra de dúvida, delicioso. Amei. Bjocas ótimo final de semana amiga

    ResponderExcluir
  11. Olá, Bruxinha
    que bela receita saiu desse livro de poções mágicas! Já tomei nota...agora passou para o meu! Obrigada.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Sandra,
    Tenho procurado diminuir o excesso de receitas que possuo, fazendo e publicando. Quando quero repetir, é só acessar o próprio blog. Mas mantenho meu 1° caderno de receitas, com todo o amarelado que tem direito...rs! Foi muito manuseado e reproduzido. É uma delícia tudo isso!
    E pão de milho é ótimo!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Adorei o pão, ainda mais a historia. vou levando a receita comigo.

    ResponderExcluir

Sua visita e seu comentário são muito importantes para o Caldeirão. Comentários somente com intuito de fazer propaganda serão deletados.

Obrigada e volte sempre!