07 junho 2011

Torta de coco e leite condensado e uma homenagem pelo aniversário do meu saudoso Pai

7 de junho sempre foi a data do aniversário do meu pai. Sempre, até o ano passado, quando o destino se cumpriu e deu a ele o fim que teremos todos nós, independentemente de raça, credo, nacionalidade, condição social. Um dia todos partiremos.

Ele, após cumprir sua missão de ser o melhor pai do mundo, teve que partir para morar naquele lugar que tem mais Luz. Sempre falo que não possuímos de fato as pessoas, não é MEU pai, é um ser que se emprestou nessa condição tão especial por um período, e que é um dos meus mais importantes companheiros nessa jornada que é a Vida. A ele devo muito, muito mesmo! No mínimo, tudo o que sou hoje...

Essa é a primeira vez que o dia 7 de junho vai ser comemorado de forma diferente, sem a presença física dele, somente a eterna presença no amor e nas lembranças. Não conseguiria deixar passar esse dia em branco, não podia deixar de homenagear uma pessoa que amava tanto a vida e gostava de comemorar. Farei o meu melhor para não fazer deste um dia triste, mas certos sentimentos simplesmente acontecem, não dá para mascarar.

Nossos pais nos ensinam quase tudo que sabemos, nos amparam, nos direcionam na vida, nos ajudam a formar nosso caráter e valores e aí, quando parece que não precisamos mais deles, nos deixam para colocarmos em prática esse aprendizado. Mas temos que continuar aprendendo, senão a vida não faz sentido. E a lição que tenho que aprender atualmente é como viver sem uma das pessoas que mais amo na vida, e que sempre me amou incondicionalmente e por quem daria sua própria vida por mim e meus irmãos.

Também estou aprendendo que saudades também dói, dói demais.

Mas ele não merece um chororô. Merece essa torta, pois ele adorava tudo que levava coco. E com ele no coração e nas minhas lembranças vou dedicar cada pedacinho a ele, porque 7 de junho é aniversário do meu amado e saudoso pai!




Torta de coco e leite condensado
(fôrma 30 cm diâmetro)

receita adaptada DAQUI

Ingredientes:
>massa
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1/2 xícara (chá) de açúcar
1 ovo
3 colheres (sopa) de manteiga amolecida
1 colher (sobremesa) de fermento químico (para bolos)
>recheio
700ml de leite
1 vidro (200ml) de leite de coco
4 colheres (sopa) bem cheias de maizena
3 gemas passadas pela peneira
>cobertura
100g de coco ralado (usei em flocos)
1 lata de leite condensado

Preparo
Comece pelo recheio. Dissolva a maizena numa quantidade pequena do leite, para garantir que não sobrem pelotas. Leve agora todos os ingredientes numa panela ao fogo, mexendo sempre até ficar com a consistência de creme. Deixe esfriar totalmente.

Numa tijela coloque todos os ingredientes da massa e com as mãos vá dando a liga, até que fique homogênea e uniforme. Forre uma fôrma de aro removível, untada com margarina com essa massa. Faça furos com um garfo em toda a superfície e laterais.

Em outro recipiente, misture os ingredientes da cobertura, sem levar ao fogo.

Montagem
Despeje o recheio frio sobre a massa crua e a seguir a cobertura. Leve para assar em fôrno preaquecido até perceber que a massa está assada e a superfície dourada. Deixe esfriar para remover o aro.

19 comentários :

  1. Sandra querida sinto muito que seu pai já não esteja entre nos, mas está no seu coração para sempre, espero que passes bem o dia e recordes as coisas boas que ele te ensinou...

    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Que linda Homenagem ao seu pai, sem duvida eles deiam de estar presentes fisicamente mas em nossos pensamentos e em nosso caoraçao estarao sempre vivos, e sem nos apercebermos passamos para os nossos filhos os valores que eles nos ensinaram.

    Tb gostei da tua receita de tarte de côco!!!

    Um beijo muito grande

    ResponderExcluir
  3. OLÁ MINHA QUERIDA!
    O QUE IMPORTA É A SEMENTE QUE SEU PAI PLANTOU, SÓ COISAS BOAS.
    LINDA HOMENAGEM, ELE ESTÁ FELIZ LÁ DO CÉU E OLHANDO PRA VC.

    ESSA TORTA ESTÁ MARAVILHOSA,SALIVEI AMIGA, AMO TORTA DE COCO!

    UM GRANDE BEIJO,
    ANDRÉA

    ResponderExcluir
  4. Sandrinha querida,bom dia!
    Que linda a homenagem que você está fazendo a seu pai!
    Com certeza ele está recebendo todo esse carinho e amor!
    A torta ficou lindíssima e com certeza maravilhosa!
    Recheio delicioso!!!Coco é tudo de bom!!!
    Que o seu dia seja de muita luz, serenidade e amor!
    bjs
    Ivani

    ResponderExcluir
  5. Sandra é bom lembrar e fazer homenagem a quem nos deixou fisicamente mas que ficam sempre no coração e no pensamento.

    O bolinho ficou com muito bom aspecto e o significado é lindo!

    Beijinho

    ResponderExcluir
  6. Sandrinha querida, linda homenagem que vc fez ao seu amadinho, tbém meu querido e saudoso pai não se encontra mais ao meu lado, e como vc disse a saudade dói, e dói muito, ja se vão 10 anos que meu pai partiu e a saudade jamais se acaba, mas as lembranças boas ficam, os momentos felizes que passamos juntos, e as lições que ele me deixou. Mas como vc disse hoje ele está sendo lembrado e homenageado com muito carinho, com essa linda torta. Adorei a receita...bjokas e força nesse coraçãozinho

    ResponderExcluir
  7. Olá Sandra, adorei a homenagem....essas pessoas ficam eternamente no nosso coração...vivos na nossa lembrança.
    Faz tempo que não como uma torta de côco. Uma ótima idéia.
    Bjs, Ci.

    ResponderExcluir
  8. Minha querida amiga Sandra a sua homenagem comoveu-me pois sei bem o sentimento que se sente por saber o que ter o melhor pai do mundo com a gente...adorei ver esse seu lado meigo e doce...e aliado a esta torta.. está divino nao podia ser melhor...adorei tudo neste post..fantastico!! parabens minha linda...bjinho grande e uma boa semana

    ResponderExcluir
  9. É isso mesmo Sandra, seu pai não merece chorjorô e sim somente ótimas lembranças e homenagem como vc fez com essa torta maravilhosa! Parabéns.
    bjks
    www.meublogdereceitasfavoritas.blogspot.com
    www.viviass.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Sandra, seu post me emocionou demais. Sei bem como é esta dor, meu pai se foi há apenas nove meses. E a saudade dói, dói muito. Mas penso como você, o melhor é fazer estas belas homenagens, com carinho e sem tristeza. Linda a torta!
    beijos

    ResponderExcluir
  11. Minhas queridas

    Todos os dias é uma delícia poder receber a visita de vocês, com comentários simpáticos, engraçados, enfim, com todo o carinho que vocês sempre dedicam a mim e a esse espaço.

    Só que hoje suas palavras têm um significado muito maior. São palavras de conforo e carinho. Obrigada do fundo do meu coração.

    Tati, querida, sinto muito, estamos vivenciando isso quase ao mesmo tempo (meu pai faz 8 meses). Qualquer coisa, se precisar, estou por aqui, ok?

    ResponderExcluir
  12. Querida Sandra!
    Que linda homenagem que fizeste ao teu pai...Como tu já perdi o pai e há 1 ano a minha mãe...Mas ainda não consigo encarar isso com normalidade. O meu coração ainda não parou de apertar...Desde o meu blog pra cá as coisas estão mais amenas...mas
    seja como for..A minha prece junta-se a tua neste dia para que o teu pai esteja muto feliz e que continue a ter muito orgulho em ti e que zele por ti onde ele estiver...Bjs muito grandes minha amiga...

    ResponderExcluir
  13. Caramba, quando eu acabo de postar o comentário, aparece o 'service unavailable', humpf! rsrs.
    Mas se não entrou, então lá vai outro, rsrs.

    Muito delicado de sua parte comemorar o aniversário do seu pai, que já partiu deste mundo.
    E a torta ficou linda e certamente muito saborosa!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  14. Uma doce e deliciosa homenagem minha amiga, a torta é uma tentação e seu pai esteja onde estiver está feliz pois sabe que é lembrado com muita doçura e amor,

    beijos e obrigado pela partilha!!

    ResponderExcluir
  15. MEU BLOG FOI VÍTIMA DE VÍRUS MAIS JÁ ESTÁ LIMPINHO MELHOR QUE ANTES, RSRS.
    PODE FAZER SUAS VISITAS SEM MEDO!

    BEIJOS......

    ResponderExcluir
  16. Amiga, que linda homenagem à seu pai, me emocionou bastante... Entendo perfeitamente qdo diz que saudade dói e com certeza nesse caso é uma dor aguda, mas graças à Deus com o tempo ela suaviza! Perdi meu pai há 3 anos e têm horas que só de lembrar dá um nó na garganta... Força minha amiga! Se precisar estou aqui!
    Sua torta ficou belissima!!!
    Bjim

    ResponderExcluir
  17. tbm achei linda a homenagem viu!

    ResponderExcluir
  18. Sandrinha, que linda homenagem viu. Acho que realmente não devemos chorar pelos queridos que são, é duro mais, temos que lembra-los como vc fez,com alegria, por mais triste que seja.

    Fica com Deus...

    Bjs

    Andreia Braga

    obs: adorei o bolo,anotada.

    ResponderExcluir

Sua visita e seu comentário são muito importantes para o Caldeirão. Comentários somente com intuito de fazer propaganda serão deletados.

Obrigada e volte sempre!