08 agosto 2018

O bolo dos meus 55

Bolo aniversário


"Deus me livre de ser normal!" 

Começo esse post com essa frase de um dos meus gurus nessa vida, o saudoso Iogui Professor Hermógenes, para ilustrar o dia de hoje, quando completo cinco décadas e meia de vida.

Não tenho nada a contar à respeito de atos importantes que eu tenha feito em prol da humanidade como um todo. Até agora não consegui mudar o mundo - na verdade, mal consigo cuidar do meu próprio - e não estou nem perto de ter sido um ser humano que mais propiciou ao planeta do que impactou o meio ambiente ou foi capaz de diminuir sua pegada de carbono. Enfim, se fosse o caso de fechar a conta nesse momento, saio dessa vida como devedora.

Em compensação, não há um só dia que não ache pelo menos um motivo para ser grata ("gracias a la vida, que me ha dado tanto"). Essa vibe pollyanna veio comigo a esse mundo, impressa no meu chip. Otimista por natureza, irremediavelmente.

Fiquei tentando fazer um balanço de todos esses anos, do que gosto e gostaria de ter para daqui até sei lá quando. Fundamentalmente, paz. "Paz a gente faz", dizia minha avó. Tento fazer a minha nesse mundo complexo e caótico. Difícil, mas juro que tento.

E voltando ao início do texto, coincidentemente (ou não, se achar, como eu, que acasos não existem), estive outro dia desses zapeando pelos canais de TV e me deparei com um documentário sobre o Professor Hermógenes, bem no momento que ele falava que nossa mente funciona como um computador. Se você dá um input positivo, o output também assim o será. Na sua concepção, nada tem a ver com forças divinas ou extra terrenas. Toda a criação parte da mente, de como a alimentamos, através dos nossos pensamentos e sentimentos.

Assim, tomando a responsabilidade sobre a paz que tenho que fazer para tê-la na vida e inserir os dados na minha mente para o sucesso das minhas conquistas, agradeço a todas as pessoas que têm me ensinado coisas valiosas para a minha jornada, que hoje completa 55 anos.

Finalizando com um verso lindo de uma música idem, "viver é melhor que sonhar".

E segue o baile...e o bolo!


Bolo aniversário


Bolo aniversário


Bolo de aniversário
(cada receita para fôrma de 22 cm de diâmetro)


Ingredientes
>bolo (cada receita - fiz 2 vezes)
2 ovos em temperatura ambiente
100 g de açúcar
80 g de farinha de trigo peneirada
1 colher (sopa) de amido de milho
1 e 1/4 colher (chá) de fermento químico - para bolos
40 ml de água quente
20 g de manteiga sem sal

>recheio
1 lata de leite condensado
1 e 1/2 lata (a mesma medida) de leite
2 colheres (sopa) de amido de milho

>cobertura
1 lata de leite condensado
1 embalagem (200g) de creme de leite
3 colheres (sopa) de chocolate em pó
1 colher (sopa) de whisky - opcional


Bolo aniversário

Preparo
>bolo
Preaqueça o forno a 180 graus Celsius. Unte e enfarinhe a fôrma.
Derreta a manteiga na água. Reserve. Em uma tigela, misture a farinha com o amido e fermento. Reserve também.

Usando a batedeira elétrica, bata os ovos por uns 2 minutos. Sem parar de bater (velocidade alta), pulverize o açúcar e bata por mais uns 3 minutos. Diminua a velocidade e acrescente os ingredientes secos intervalando com a água com manteiga (um pouco de um, um pouco do outro até terminar). Não bata mais após isso. Despeje a mistura na fôrma e leve para assar até a superfície estiver levemente dourada e ao espetar um palito no meio do bolo, esse saia seco. Aguarde amornar para desenformar.

Faça outra receita, ou, se tiver duas fôrmas exatamente iguais, dobre as quantidades e divida a massa.

>recheio
Em uma panela leve os ingredientes ao fogo, mexendo sempre até o ponto de mingau. Aguarde amornar para usar.

>cobertura
leve ao fogo os ingredientes em uma panela de fundo grosso. Para obter mais cremosidade, mexa com um fouet (batedor de arames) até o ponto de brigadeiro de colher. Aguarde quase esfriar totalmente para utilizar.

>montagem
Divida cada bolo ao meio usando uma faca serrilhada. Espalhe uma parte do recheio em cada uma. Alterne as camadas de bolo e recheio até terminar. Cubra com o creme de brigadeiro. 

Decorei com nibs de cacau, mas pode utilizar também flores ou frutas.


4 comentários :

  1. Mercedes Sosa canta lindamente essa canção...gracias a la vida e que bom que podemos entoá-la com verdadeira gratidão.Parabéns pela jornada, vida longa e em paz!O bolo está lindo e pelas fotos, delicioso!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, ficou um bolo maravilhoso!
    bjns

    ResponderExcluir
  3. Maravilha de texto, receita idem e vida longa pra minha super querida amiga Sandra!!beijo enorme

    ResponderExcluir
  4. Amo seus textos e suas receitas. Parabéns e felicidades!!

    ResponderExcluir

Sua visita e seu comentário são muito importantes para o Caldeirão. Comentários somente com intuito de fazer propaganda serão deletados.

Obrigada e volte sempre!