22 julho 2013

Pudim cremoso de chocolate

Pudim (ou mingau) de chocolate

Do capítulo: dos argumentos às justificativas, o que importa é o ponto de vista.

- D. Bruxa, a senhora por acaso não acha que chamar esse seu prosaico mingau de "Pudim cremoso de chocolate" não passou dos limites, não?

- Olha aqui D. Consciência, o mingau, digo, o pudim é meu e eu o chamo como quiser.


- Mas seus leitores que vão ler a receita não irão achar exagero, que esse mingau está muito valorizado atrás de um nome mais assim, como dizem por aí, pomposo?

- Concordo, mas se fosse só um mingau nem postaria a receita aqui, apesar de mingau me trazer tão boas lembranças. Esse realmente era para ser um mingau, na verdade, vou mais à fundo, foi uma vontade imensa de comer um docinho assistindo à um filme no domingo à tarde que me levou à uma incursão à uma despensa vazia e só consegui esse feito graças à um chocolate em pó belga providencialmente acrescentado à receita.

- Sei sei, bem, aceito seus argumentos, até porque a aparência está mesmo apetitosa.

- Não é só a aparência não, amiga Consciência, eu mesma fiquei muito surpresa com o sabor que esse meu mingau ficou. Que diferença não faz um bom ingrediente, a senhora não acha?

- Sim, de fato, mas e quem não conseguir achar esse seu chocolate belga, pode usar outro que fica igual?

- Igual, exatamente, tal e qual não fica, mas se colocar um pouco de algum ingrediente pra dar um toque especial, um pouquinho de pó de gengibre, uma canelinha, uma essência de baunilha já ajuda não é mesmo?

- Verdade D. Bruxa, sempre com um pouco de criatividade dá para deixar a receita diferente e mais gostosa. Sabe, no fim tenho que reconhecer que a senhora tem lá uma certa razão. Vou experimentar esse seu pudim cremoso.

- Obrigada D. Consciência. Olha, cá entre nós, vamos chamar de mingau mesmo, afinal, que receita é melhor do que aquela que sempre nos faz lembrar de algo gostoso de tempos passados?

- Combinado! Gostei da prosa. Um abraço.

- Também gostei, abraço e tudo de bom!


Pudim (ou mingau) de chocolate

Pudim (ou mingau) de chocolate
(2 porções generosas ou 4 menores - dependendo do pote de servir)

Ingredientes
2 xícaras (chá) de leite frio
3 colheres (sobremesa) de amido de milho
3 colheres (sopa) de chocolate em pó - usei Callebaut
1 colher (sopa) de açúcar - ou a gosto
canela em pó para polvilhar

Pudim (ou mingau) de chocolate

Preparo
Dissolva o amido de milho totalmente em um pouco do leite frio. Coloque essa mistura, o restante do leite, o chocolate e o açúcar em uma panela de fundo grosso e leve ao fogo médio até engrossar e ficar com a consistência cremosa.

Despeje em potinhos e polvilhe canela em pó se gostar.

Dica: para adquirir consistência mais firme ainda, coloque 1 colher a mais de amido de milho e leve à geladeira. Fica mais parecido com um flan.

Bom apetite!

5 comentários :

  1. Amei este post... e o mingau-pudim!
    Beijos,

    ResponderExcluir
  2. Eu amo mingau (ou pudim rsrsrsrs) de chocolate, desse jeitinho ai.... agora no frio faço pra comer quentinho.... delícia!

    ResponderExcluir
  3. Ficou bem apetitoso e cremoso!

    ResponderExcluir
  4. Sandra,
    Adivinha o que meu sobrinho (adulto) pediu para a vó fazer quando passou uns dias na casa dela? Mingau de chocolate, para matar a saudade. E comeu todos os dias...
    Comida com memória afetiva é outra coisa!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Hummmm delícia, deu vontade rsrsrsr

    ResponderExcluir

Sua visita e seu comentário são muito importantes para o Caldeirão. Comentários somente com intuito de fazer propaganda serão deletados.

Obrigada e volte sempre!