23 maio 2013

Suflê de queijos


Suflê de queijos


Visualize a cena de um suflê lindo, fumegante, cheiroso saindo do forno e diga honestamente se não parece aquele tipo de prato sofisticado, com ingredientes caros, feito para ocasiões especiais e por profissionais altamente qualificados para desempenhar tão difícil receita. Acha isso mesmo? Pois não é não.

Tenho suflê nos mais altos postos da minha cozinha por vários motivos: é um curinga, gostoso, comfort food, bem versátil, preparo de poucos minutos e algumas variações podem ser feitas com ingredientes básicos que temos comumente em casa. 


Costumo fazer muito com cenoura, essa receita que já postei >aqui< e de couve flor, pois em geral sempre sobra uns buquês de outro preparo. Também fiz uma graça com um assado dentro da cebola, esse >aqui<. Mas o truque mesmo, quando em casa não tem nada de nada é o suflê de queijo. Esse de hoje é mais elaborado, coloquei pedaços de queijo de verdade, mas na hora do aperto já fiz só de queijo ralado. E olha, surpreendentemente sempre fica gostoso.

Só uma coisinha, suflê é um tanto temperamental e como risoto, tem que ir direto do forno à mesa. Mesmo para minhas fotos ele não se comportou direito, e de tão infladinho e pomposo que estava quando ficou pronto, murchou em poucos segundos. Também pudera, sair daquele forno quentinho para ir para perto da janela atrás de uma luz boa só para ser fotografado, fez igual criança birrenta, não cooperou.

Então, voilá, para hoje temos souflè!


Suflê de queijos

Suflê de queijos
(2 pessoas em ramequins tamanho médio)

Ingredientes
1 colher (sopa) de manteiga
1 colher (sobremesa) de azeite
3 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de leite - aproximadamente
2 ovos - claras e gemas separadas
1/2 xícara (chá) de queijo Minas Padrão em cubinhos (ou outro)
1/2 xícara (chá) de queijo gorgonzola
1 colher (sopa) de queijo parmesão ralado
1/2 colher (chá) de noz moscada ralada na hora
sal
>para untar as fôrmas
manteiga
queijo ralado

Suflê de queijos

Preparo
Preaqueça o forno a 220 graus. Unte o interior dos ramequins (ou refratários com as laterais mais altas) com manteiga e pulverize queijo ralado no fundo e laterais.

Bata as claras em neve e reserve. Leve ao fogo médio em uma panela a manteiga com o azeite para derreter. Acrescente a farinha e mexa até formar uma massa. Agora vá acrescentando o leite AOS POUCOS , mexendo a cada adição para a massa ir ficando com aspecto de um purê, lisa e maleável (se colocar o leite de uma vez vai empelotar). Junte os queijos, aguarde que esses se derretam, a noz moscada e prove se necessita de sal (apesar do gorgonzola, uma pitada de sal faz os sabores se pronunciarem mais). Coloque as duas gemas e mexa até a massa ficar bem uniforme. Apague o fogo.

Junte as claras em neve e misture delicadamente com movimento de baixo para cima somente até combinarem. São elas que darão o inflado do suflê. Coloque nos ramequins até  faltando 1 dedo para completar a altura das fôrmas. Pulverize com um pouco do queijo ralado.

Leve para assar até crescer e ficar com a superfície dourada. Sirva imediatamente.

Bom apetite!



5 comentários :

  1. Poxa Sandra, maldade isso... feitiço puro esse suflê, fiquei aqui pensando nele, quentinho... hummm.. delicia
    bjosss

    ResponderExcluir
  2. Parece delicioso… Aliás, como tudo o que você posta em seu Blog :0)
    Beijos Márcia (Rio de Janeiro - Brasil)

    http://decolherpracolher.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Nunca fiz mas até que tenho alguma curiosidade em provar pois acho que vou gostar.
    Acho que esse até se portou bem para a foto pois esta lindo.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Quanto mais queijo melhor !

    http://www.vocereporter.net/

    ResponderExcluir

Sua visita e seu comentário são muito importantes para o Caldeirão. Comentários somente com intuito de fazer propaganda serão deletados.

Obrigada e volte sempre!