15 julho 2014

Geleia de morango, laranja e alecrim

Geleia de morango, laranja e alecrim


Quando era novinha as frutas tinham época. Jabuticaba dava em novembro, pelo que me lembro. Meus bolos de aniversário normalmente levavam morangos, típica fruta de agosto. E assim era o normal.

Sem querer entrar no discurso das práticas atuais da agricultura de hoje em dia ou até do desequilíbrio do planeta, fato que atualmente não é tão fácil distinguir qual a época que a Mãe Natureza designou para cada uma das suas filhinhas frutas despontarem.

Uma dica - pelo menos a que intuitivamente sigo - é a seguinte: se a fruta está barata, significa que a produção está abundante e consequentemente está na época dela. Bem, aí não só o preço passa a ser convidativo, mas a qualidade em sabor dessa fruta está no seu apogeu.

Fui esses dias ao mercado e a oferta dos morangos era imensa. Comprei três caixinhas ao preço que normalmente pagaria em uma só, já com a ideia de fazer uma geleia.

Transformar frutas em geleias, compotas e conservas foi um hábito aqui introduzido pelos europeus - que não têm a nossa diversidade de frutas o ano inteiro em função do seu inverno rigoroso - mas que caiu no gosto dos habitantes das terras brasilis, dado o nosso paladar tão adocicado.

Fazer geleia em casa tem uma série de vantagens. Se o preço pago pelas frutas in natura for pouco, então incluiria também esse dado. Porém, a combinação de sabores que se pode arriscar, mais o fato de se controlar a quantidade de açúcar e, o crème de la crème de não ter conservantes e outras químicas na sua composição já são motivos suficientes para incluir mais um produto industrializado na sua lista de homemade.

Falando sobre essa combinação de sabores, diria que ficou super gostosa e diferente do que só usando morangos. Não posso afirmar se essa cor bonita aconteceu por conta da mistura da laranja e do alecrim, pois de outras experiências usando somente o morango e açúcar não consegui o mesmo resultado.

Ah, essa semana vou trazer uma outra receita DI-VI-NA na qual essa geleia foi parceira. Não percam e por enquanto experimentem essa aqui.




Geleia de morango, laranja e alecrim


Geleia de morango, laranja e alecrim


Geleia de morango, laranja e alecrim
(rendimento aproximado de 300 g)

Ingredientes
2 caixas de morangos sem os cabinhos e bem lavados
suco de 1 laranja - usei Bahia
1 ramo de alecrim picado (sem o talo mais duro)
3/4 de xícara (chá) de açúcar - usei demerara



Geleia de morango, laranja e alecrim

Preparo
Coloque todos os ingredientes em uma panela de fundo grosso e leve ao fogo alto até ferver e começar a borbulhar. Diminua um pouco o fogo e deixe apurar até obter uma consistência cremosa, mexendo eventualmente. 

Aguarde esfriar e guarde em pote de vidro esterilizado.

Nota importante: prove a fruta antes de adicionar o açúcar para regular a quantidade para um pouco mais ou menos.


3 comentários :

  1. Oi Sandra!!!
    Dias atrás estava pensando a mesma coisa, não só a gente perdeu um pouco a referência da época das frutas, como também das estações do ano. Quando era criança, lembro que inverno era INVERNO! E era possível no Outono ver as folhas secas pelo chão...hoje em dia, tem inverno com cara de verão e por aí vai...
    Quanto à geléia, que perdição mais deliciosa!!!! Adorei a idéia de adicionar o alecrim!
    Beijos e lindo dia pra ti!! =)

    ResponderExcluir
  2. Morango com alecrim? Combinação interessante! Ótima receita, vou provar!
    Bjs
    Mel

    ResponderExcluir
  3. Que inusitado! Fiquei curiosa para saber o resultado dessa combinação morango-laranja-alecrim. O perfume, tenho certeza, deve ter ficado incrível!
    Mais uma do Caldeirão que vou salvar... não dou conta de fazer tudo o que quero da cozinha dazamigas =(

    Bjs

    ResponderExcluir

Sua visita e seu comentário são muito importantes para o Caldeirão. Comentários somente com intuito de fazer propaganda serão deletados.

Obrigada e volte sempre!