29 abril 2011

A minha Cozinha, a Minha Receita

Havia visto esse desafio em outros blogs, mas achava que era só para blogs convidados. Agora, zapeando pelo Blog da Dri, o "Paixão com Fogão!!!" entendi a brincadeira que a querida Paula Mariana, do "Na Cozinha da Mariana" propôs, confira AQUI.

Bom, vou participar pelo carinho que sinto pela Paula, uma amiga querida e para comemorar 1 ano de seu delicioso e inspirador Blog. Lá vai.

A minha cozinha já havia apresentado para vocês nessa postagem e a receita, chocólatra assumida que sou, já tinha compartilhado aqui.


Minha Cozinha




Minha Receita
Rocambole de Chocolate (sem farinha)

Ingredientes Massa
8 ovos (claras e gemas separadas)
8 colheres (sopa) de açúcar peneiradas
8 colheres (sopa) de chocolate em pó (não usar achocolatado)
1 colher (chá) de fermento químico (para bolos)
1 colher (chá) de canela em pó ~ opcional

Preparo Massa
Na batedeira, bater as claras em neve, acrescentar as gemas, uma a uma, o açúcar, aos poucos e o chocolate, também colher por colher. Por último, acrescente a canela em pó (se gostar) e o fermento. Leve para assar em assadeira retangular bem untada com margarina e farinha. Retire do forno, passe uma faca pelas bordas para soltar das laterais da fôrma e desenforme sobre um pano limpo, levemente umedecido e salpicado de açúcar. Enrole para dar o formato de rolo e desenrole para colocar o recheio.

Ingredientes Recheio & Cobertura
1 lata de leite condensado
1 lata de leite comum (usar a mesma medida)
1 colher (sopa) bem cheia, de amido de milho (Maizena)
3 colheres de chocolate em pó (usei 2 de achocolatado e 1 de chocolate)
1 caixinha (200 g) de creme de leite

Preparo Recheio & Cobertura
Em uma panela, coloque o leite condensado, o leite comum (lembre-se da dica de colocar a maizena para ser dissolvida numa quantidade menor de leite para não empelotar) e o chocolate. Leve ao fogo até ficar com um ponto de creme firme. Desligue, deixe esfriar e acrescente o creme de leite, mexendo bem.

Dica importante: Faça o creme antes da massa e leve à geladeira por no mínimo 2 horas antes. Fica mais fácil de trabalhar o rocambole.

28 abril 2011

Risoto de 7 grãos com vegetais salteados

Em casa nunca categorizamos as comidas como "engordiets" e "diets". Conceituamos assim, tem as comidas saudáveis e as "porcarias". Definição de porcaria seria bala, chiclete, pirulito, salgadinhos tipo "ixquizitus", queijo em spray e afins. E comer porcaria de vez em quando também é saudável, na minha opinião.

Não acho legal dar motivo às crianças a desenvolverem culpa ao comer e propiciar transtornos alimentares futuros. No meu tempo de criança ninguém me passou esse tipo de neurose.

Também acho que o nosso próprio corpo dá um basta quando a gente está se alimentando mal por algum tempo ou quando exagera em algumas coisas. Pois bem, o meu, depois da overdose de doces da Páscoa, estava pedindo por algo mais "natureba". E aí está a sabedoria de nos fazer ouvir, só pensava em comidas integrais, frutas, coisas leves e naturais. E saiu esse risoto, que comi com tanta vontade quanto como um bolo de chocolate. E tudo tem seu tempo, seu momento. Isso é saber se respeitar...

Risoto de 7 grãos com vegetais salteados
(4 pessoas)

Ingredientes
1 xícara (chá) de arroz "7 grãos" (marca de sua preferência)
1/2 cebola branca fatiada
1 dente de alho cortado em lascas
1 1/2 colher (sopa) de azeite extra virgem ou óleo de Canola
sal

~os vegetais abaixo são equivalentes a um punhado:
brócolis tipo ninja cozido al dente
shimeji (cogumelo japonês)
cogumelo Paris cortado em 4
pimentões vermelho e amarelo cortado em palitinhos
salsinha picada

Preparo:
Cozinhe o arroz de acordo com as especificações do fabricante. Reserve.
Em outra panela, doure a cebola e o alho, sem amolecer muito. Junte os outros vegetais, corrija o sal e não deixe amolecer muito, na minha opinião fica mais saboroso uma textura mais tenra (mas aí vai de gosto). Adicione o arroz, mexendo delicadamente. Finalize com a salsinha picada.

Pronto, um risotinho natureba que deixou meu corpo e alma felizes...

27 abril 2011

Bolo de chocolate amargo de Roberta Sudbrack -receita "Mais Você"

Estava "aguada" para comer bolo de chocolate, mas de um tipo específico. Tinha que levar muito chocolate e pouca farinha, um tipo de bolo mais denso e úmido. Fiz uma verdadeira caça às receitas na internet. Vi várias maravilhosas, porém essa, do site do programa "Mais Você"  me tentou desde a primeira vista. E dessa vez não fiz alteração nenhuma, segui a receita à risca, coisa rara para uma rebeldinha como eu.

Olha, nem tenho palavras para dizer o quanto esse bolo é gostoso. Se tiver numa carência de chocolate, faça, mas faça mesmo.

Nota:
Roberta Sudbrack, gaúcha, nascida em Porto Alegre, de formação autodidata, foi a primeira chef  a comandar a cozinha do Presidente da República do Brasil, tem dois livros lançados, prepara mais um para 2009, é reconhecida como uma das melhores chefs de cozinha do Brasil.

texto extraído do Blog dela, o Roberta Sudblog
Bolo de chocolate amargo de "Roberta Sudbrack"
receita retirada DAQUI

Ingredientes ~massa
400g de chocolate meio amargo picado
150g de manteiga sem sal
150g de açúcar de confeiteiro peneirado
5 ovos (gemas e claras separadas)
1/3 xícara (chá) de farinha de trigo peneirada

Preparo ~massa
Bata as claras em neve e reserve. Leve o chocolate para derreter em banho-maria. Acrescente a ele a manteiga e o açúcar. Retire do fogo.
Passe as gemas por uma peneira para retirar aquela película delas (faço isso porque fica melhor de incorporar e tira aquele cheiro forte de ovo). Adicione a essas gemas 2 colheres da mistura do chocolate, só para deixar na mesma temperatura do restante. Coloque-as então na mistura do chocolate. Adicione a farinha aos poucos, e após isso, as claras em neve, mexendo delicadamente. Levar para assar em assadeira retangular pequena (32 x 22 cm), untada e enfarinhada. Retire do forno quando criar uma casquinha dura na superfície, porém a massa do bolo deve ficar úmida (faça o teste do palito). Espere esfriar um pouco para desenformar.

Ingredientes ~calda
200g de chocolate ao leite picado
100ml de creme de leite fresco
20g de manteiga

Preparo ~calda
Levar o chocolate para derreter em banho-maria. Acrescentar o restante dos ingredientes, misturando bem.

Montagem
Corte o bolo em quadrados e disponha-os um pouco separados uns dos outros. Regue todos eles com a calda ainda quente. Sirva a seguir.

Fica bom também frio, na minha avaliação.

26 abril 2011

Mini farfale ao molho cremoso de requeijão e gorgonzola

Macarrão é uma delícia, fácil de variar, de fazer e que agrada todo mundo.

Fiz esse molho porque minha filha adora queijo gorgonzola desde pequena, quando ela chamava de "queijo com verdura". Um dia me perguntou qual a verdura desse queijo, e eu respondi: "fungo"!

Bom, não sei se ela sabia o que fungo significava, mas continuou comendo e adorando e levando de lanche para a escola, junto com azeitonas e salame (era o que ela pedia!). O que será que as professoras dela achavam de mim?? Uma mãe louca que mandava para a filha tiragosto de buteco no lugar do lanche (risos). Bem provável!!

Mini farfale ao molho cremoso de requeijão e gorgonzola
(4 pessoas)

Ingredientes
macarrão mini farfale (ou outro de sua preferência)
1 caixinha (200 ml) de creme de leite
1/2 cebola branca pequena bem picadinha
1 colher (sopa) não muito cheia de manteiga
2 colheres (sopa) de requeijão cremoso (costumo usar Catupiry)
30 g de queijo gorgonzola picado
sal
noz moscada ralada na hora (de preferência)
azeite
salsinha picada
ciboulette picada (opcional)

Preparo
Cozinhe a massa enquanto prepara o molho.

Doure a cebola na manteiga acrescentando um fiozinho de azeite para que esta não queime ou escureça (dica). Acrescente o creme de leite, adicione o requeijão, a noz moscada, um pouquinho de sal e coloque leite se o molho estiver muito cremoso. Só no fim adicione o gorgonzola para que esse não desmanche demais.
Monte a massa no prato, cubra com o molho e finalize com a salsinha e a ciboulette picadas.

Bom apetite!

25 abril 2011

Torta de sorvete de Cheesecake com calda de goiabada

Fiz essa sobremesa para o almoço familiar da sexta- feira Santa.

Como sou a formiga da família, os docinhos sempre ficam por minha conta. Queria fazer algo diferente dos meus "hits" habituais, afinal, todos gostam mas cansa comer sempre a mesma coisa.

Lembrei do Sorvete de Cheesecake que vi no Blog da Dri, o Paixão com Fogão!!! Aproveitei a deixa e o transformei em torta, já que facilitaria servir para um número maior de pessoas. E aí, também na hora de executar, lembrei da técnica do Sorvete de Leite Condensado, postado AQUI.

Ficou uma delícia. Acabou em pouquinho mais de meia hora. Nem precisa dizer mais nada, né?


Torta de Sorvete de Cheesecake com Calda de Goiabada
(fôrma 30 cm diâmetro)

Receita inspirada DAQUI

Ingredientes:
~massa
1 pacote de bolacha tipo Maizena
100 g de manteiga ou margarina
~sorvete
200g de ricota fresca (de preferência sem sal)
1 1/2 lata de leite condensado GELADAS
300 ml de creme de leite fresco GELADO
~calda
200 g de goiabada (comum ou cascão)
1 copo de água (aproximadamente)

Preparo:
~massa
Triture as bolachas no liquidificador ou processador até virar uma farinha. Adicione a manteiga e vá amassando com as mãos até dar liga e virar uma massa. Forre somente o fundo de uma fôrma redonda de aro removível. Reserve.
~sorvete
Em uma tijela, amasse a ricota com um garfo e leve para bater na batedeira junto com 1/2 lata de leite condensado até ficar cremosa.

Em outra tijela, bata o creme de leite fresco até incorpar e ficar com consistência cremosa (cuidado para não passar do ponto senão vira chantilly). Adicione aos poucos, sem parar de bater, a lata de leite condensado GELADO. Vá agora colocando aos poucos a mistura de ricota. Pare de bater quando a massa estiver bem homogênea. Despeje na fôrma sobre a massa, cubra com filme plástico ou papel alumínio e leve ao freezer por no mínino 5 horas, ou até endurecer. Na hora de servir, retire o aro da fôrma e cubra com a calda.
~calda
Pique a goiabada em pedaços pequenos, coloque numa panela com a água e leve ao fogo até dissolver e virar uma pasta, mexendo sempre. Se precisar, vá adicionando mais água.
Caso não encontre a goiabada, faça com a calda que quiser, como frutas vermelhas, por exemplo.

Pronto, bom apetite!!

Ah, fiz também algumas mini tortinhas em fôrmas próprias para pão de mel com fundo removível. Ficaram muito bonitinhas. É uma apresentação boa para festinhas ou jantares mais caprichados.



22 abril 2011

Minha mensagem de Páscoa


Dedico essa mensagem a todos os que tem me dado o enorme prazer do compartilhamento e da companhia, amigos novos e mais antigos, amigos virtuais e amigos "reais", não importa a denominação, afinal amigo é amigo, é alguém que a gente recebe de coração, que troca ideias, que conta experiências, que troca mensagens de carinho, dúvidas, pede conselhos. Considero amigos todos que passam por aqui todos os dias, alimentando meu pequenino espaço com uma energia boa, com palavras doces, com carinho.

A todos vocês, como já comentei aqui anteriormente, para quem faço cada prato de cada postagem com carinho, como se os estivesse recebendo em volta da minha mesa, dando risadas, contando histórias enfim, para vocês, meu desejo é que todos aproveitem esse momento da Páscoa como um renascimento para algo maior, para o amor, a paz e o respeito para com todos os seres.

FELIZ PÁSCOA!

Se quiser ver uma bonita e sensível reinterpretação da oração "Pai Nosso", clique AQUI

21 abril 2011

Espuma de gelatina e frutas

Algumas vezes fico na dúvida se devo ou não postar algumas sugestões, nem poderia chamá-las de receitas, mas improvisos que costumeiramente faço com o que tenho à mão em casa e nesse caso com algumas sobrinhas na minha geladeira. Mas minha consciência fala: "se ficou bom, por que não"?

Não que o que é simples deva ser desmerecido, pelo contrário, a simplicidade para mim é um ideal de vida, em todos os aspectos. O simples não é simplório!

Mas também porque todos procuram algumas vezes opções rápidas e fáceis de fazer, tipo de última hora e que funcione bem. Quer ver?



Espuma de gelatina e frutas
(rendimento 4 tacinhas de ~150 ml cada)

Ingredientes:
2 pacotes de gelatina Light (a que não contém aspartame) - nesse caso usei de framboesa
500 ml água fervente
1/2 lata de leite condensado
1/2 garrafinha (100ml) de leite de coco
carambolas fatiadas (formato de estrela)

Preparo:
Dissolva a gelatina na água fervente. Aguarde esfriar um pouco e bata com os outros ingredientes no liquidificador. Coloque em taçinhas individuais e leve um pouco à geladeira. Quando começar a solidificar, cubra com as fatias de carambola (ou outra fruta de sua preferência). Volte à geladeira.

Pronto, só isso! Muito simples mas ficou extremamente saboroso!


20 abril 2011

Bombons fáceis recheados

Quando eramos crianças, meus irmãos e eu, fazíamos esse bombom em casa, pois como não vai ao fogo, não precisávamos da ajuda de adultos.

Só voltei a fazer muitos anos depois quando minha filha era pequenininha. Na verdade, o que faço para ela é mais cremoso, tipo um docinho de colher, o qual ela passou a chamar de "potinho".

Outro dia a "Fabi do Sonho doce, sonho" postou uma receita chamada Brigadeiro sem Fogão e quando fui conferir era esse tipo de docinho.

Como estamos na época da Páscoa, resolvi fazer uma versão recheada, que pode ser uma sugestão também para presentear. É bem fácil e dá para envolver as crianças no processo, o que fará com que elas curtam ainda mais.

Bombons fáceis recheados
(aproximadamente 30 unidades)

Ingredientes~Massa
2 xícaras (chá) de leite em pó
1 1/2 lata de leite condensado
5 colheres (sopa) de chocolate em pó

Preparo~Massa
Misturar tudo muito bem até virar uma pasta, tipo uma massinha de modelar de crianças. Leve à geladeira por 1/2 hora antes de moldar os bombons.


Ingredientes~Recheio
1 lata de leite condensado
1 colher de manteiga sem sal

Preparo~Recheio
Coloque os ingredientes acima em uma panela e leve ao fogo, mexendo sempre. O ponto é de brigadeiro, quando você passa a colher de uma extremidade à outra da panela e o fundo aparece. Coloque num pirex untado com margarina, deixe esfriar e leve à geladeira para facilitar o manuseio ao enrolar.

Quando estiver com uma consistência firme, unte suas mãos com margarina e faça bolinhas com essa massa. Aconselho a usar uma medida padrão, tipo uma colher de café para uniformizar o tamanho das bolinhas. Passe em açúcar comum e leve por uma 1/2 hora ao freezer antes de formar os bombons.

Nota: na verdade, o dia em que fiz estava muito quente, por isso estou sugerindo esses procedimentos.


Montagem e finalização
Faça bolinhas com a massa de chocolate e achate-as. Coloque em cada uma o recheio, feche com cuidado até formar uma bola e passe por chocolate em pó. Leve à geladeira.

A partir daí você pode embrulhar conforme sua criatividade. Confesso que não sei o prazo de validade pois esses bombons foram consumidos em casa em um dia e meio. Observação da minha provadora oficial: "mãe, ficou bom!"

19 abril 2011

Cardápios vegetarianos para a Páscoa

Seguem algumas das composições de pratos que já foram postados aqui no Blog. Tentei fazer esses cardápios com alguma coerência, ou segundo a minha avaliação de coerente, enfim, são pratos para você preparar o seu almoço de Páscoa.

Bom, nem precisaria dizer isso, mas sinta-se à vontade para "fuçar" a lista de receitas e criar seu próprio menu.


Sugestão de Cardápio 1 



Sugestão de Cardápio 2


Sugestão de Cardápio 3



Bom, é isso, espero que tenham gostado!

18 abril 2011

Guacamole da Ana ~receita da colaboradora

Foi aniversário da minha cunhada Ana e ela nos convidou para uma reuniãozinha. Serviu várias gostosuras (todas vegetarianas, não sei se alguém além de mim percebeu), mas o que mais gostei foi essa Guacamole. Estava realmente perfeita para o meu gosto.

Bom, pedi a receita para repetir em casa, mas na hora de ir embora ela me ofereceu um potinho, pois a quantidade que ela havia feito era maior que o número de convidados. Então, essa receita é dela, feita por ela e hoje é minha cunhada/ irmã que está dando uma mão no Caldeirão...

Guacamole da Ana

Ingredientes:
5 avocados (ou 2 abacates comuns)
suco de 3 limões galegos coado
1 cebola média branca bem picadinha
1 punhado generoso de salsa e cebolinha bem picadinhas
1 tomate picado em cubos bem pequenos
sal a gosto
Tabasco (molho de pimenta) a gosto - ou outro de sua preferência

Preparo:
Corte o abacate ao meio, separe o caroço e com uma colher retire a polpa e vá colocando numa tijela. Amasse com um garfo, e aí vai depender do gosto, prefiro deixar alguns pedacinhos mais inteiros, não tanto purê, como ela fez. Coloque então os outros ingredientes mexendo bem. Leve à geladeira por 1 hora (no mínimo) antes de servir. Essa mistura vai formar um líquido, e sempre que formar retire com cuidado para ficar sempre mais pastoso.

Sirva com Doritos Dippas, pois esse tem sabor neutro, sem tempêro, diferente dos outros da mesma marca.

Nota: ela contou-me que usou avocado pois quando foi comprar o abacate comum não estava muito maduro.

15 abril 2011

Ideias para a Páscoa para fazer com as crianças

Chocolate é tudo de bom! Na minha infância meus pais liberavam o domingo de Páscoa para comer os ovos e bombons o dia inteiro. Mas também tem comidinhas bonitinhas e um tanto mais saudáveis. Olha só que graça que encontrei para um café da manhã de Páscoa para compartilhar com os pequeninos...


querendo ver essa receita e mais sugestões, clique AQUI

14 abril 2011

Bolo Cookie

Quando vi essa receita  na internet foi paixão à primeira vista. Olhava pra ela todos os dias, namorando. Resolvi fazê-la no sábado, o que foi ótimo, pois me deu tempo de perceber algumas coisinhas que gostaria de modificar.

Olha, não que eu ache que a minha é melhor, por isso mudei, é que depois de algum tempo fazendo bolos, as proporções para esses ficarem bons é como se ficassem gravadas no seu "chip". Achei que tinha gordura e farinha demais e açúcar de menos.

O resultado da minha versão ficou muito gostoso, um bolo que tem aparência de pão de mel, mas um sabor diferente, até em função dos ingredientes utilizados. Vale a pena provar.


Bolo Cookie
receita adaptada DAQUI

Ingredientes
>bolo
100g de manteiga sem sal
150 g de cream cheese
1 xícara (chá) de açúcar mascavo
1/2 xícara (chá) de açúcar comum
4 ovos
1 colher (sobremesa) de essência de baunilha
2 xícaras (chá) de farinha de trigo peneirada
1 colher (sobremesa) rasa de canela em pó
1 vidro (200ml) de leite de coco
1 colher (sopa) não muito cheia de fermento químico
200g de chocolate meio amargo picado em cubinhos passados em farinha (*)
>cobertura
250g de chocolate ao leite em pedaços pequenos
150g de creme de leite (fresco ou em caixinha, opcional)

(*) sempre que for acrescentar algo a alguma massa, bolos ou pães, como chocolate, frutas secas, cristalizadas ou nuts, deve-se seguir esse procedimento para garantir que esses se espalhem uniformemente na massa.

Preparo
>bolo
Leve a manteiga, o cream cheese, o açúcar e a baunilha para bater na batedeira elétrica até ficar com uma consistência cremosa. Acrescente os ovos, um a um. Agora vá acrescentando a farinha e o leite de coco, intervalando para dar leveza à massa (um pouco de um, um pouco de outro até finalizar). Adicione a canela em pó e o fermento. Com a batedeira desligada, junte os cubinhos de chocolate enfarinhados mexendo delicadamente até que esses fiquem bem espalhados pela massa.

Leve para assar em forno preaquecido (180 graus Celsius) em uma assadeira retangular, untada e enfarinhada. Para saber se está pronto, espete um palito no meio do bolo e veja se o mesmo sai seco. Espere esfriar para desenformar.


>cobertura
Derreta o chocolate em banho maria. Acrescente o creme de leite misturando bem. Espalhe sobre o bolo.

Bom apetite!

13 abril 2011

A mesma entradinha de pepino de restaurante japonês

Vocês gostam de receita com truque? Aquela que no fim você pensa: "ah, era assim então?". Pois bem, essa é uma delas.

Já havia postado AQUI no início do Blog. Resolvi fazer uma reedição porque essa entrada, ou salada, como queira, faz um mega sucesso em casa. Minha filha adora e quase toda semana tenho que fazer.

É uma receita japonesa com truque mas quem me ensinou foi a esposa do meu falecido sogro, que é nascida lá no Japão. Ou seja, fonte confiável! ;-)

Como eu falei na minha postagem original, é provável que a preparada nos restaurantes japoneses seja feita com ingredientes específicos e mais elaborados. Mas o resultado é tal e qual, faça e veja se não estou certa.

Entrada de pepino japonês agridoce

Ingredientes
(para a versão em pepino)
1 pepino japonês
sal
vinagre de maçã
adoçante (menos o de Stévia)
gergelim (branco ou preto)

Preparo
Corte o pepino em fatias bem fininhas (pode usar aquela parte do ralador para fatiar). Coloque em um recipiente, salgue com critério, ou seja, não muito, adicione o vinagre suficiente para umedecer um pouco (depois o próprio pepino soltará água) e 4 gotinhas de adoçante. Esse último é o ingrediente surpresa, o que fará ficar com o gostinho agridoce.
Deixe descansar por mais ou menos 1/2 hora antes de servir, para incorporar melhor o sabor. Na hora de servir salpique o gergelim por cima.

Difícil, né? Além disso são ingredientes que você tem facilmente em casa, e com resultado diferenciado. Pronto, é isso.

Ah, você pode utilizar cenoura, juntar os dois, pepino+cenoura, ou fazer com broto de feijão (moyashi), que nesse caso você deve dar uma leve aferventada antes ou com aquele macarrão oriental Bifun, ou misturar um pouquinho de tudo. 

12 abril 2011

Clafoutis de couve- flor

Não, não se intimide com o nome porque não tem nada de complicado nessa receita.

Clafoutis é uma sobremesa francesa, algo entre um bolinho e um pudim, tradicionalmente feito com cerejas. Mas como na vida "quem não arrisca não petisca", e as tradições também estão aí para serem quebradas, surgiram as clafoutis salgadas. Ponto pra todo mundo. Existem versões bem criativas e variadas por aí.

Essa fica entre uma omelete e um suflê (melhor ainda que não usei farinha) e eu, adepta da praticidade e descomplicação no dia a dia da cozinha, fiz uma versão super super hiper fácil e que ficou bem saborosa. Veja:

Clafoutis de couve- flor

Ingredientes:
1 couve flor média
3 ovos inteiros
200g de creme de leite
150g de queijo de sua preferência (usei o queijo Minas Padrão)
noz moscada ralada na hora
sal
margarina para untar a fôrma

Preparo:
Corte a couve flor em buquês e leve para cozinhar em água com sal. Escorra. Unte um refratário com a margarina e disponha a couve flor. Bata os ovos como se fosse fazer uma omelete, salgue (só um pouco), coloque a noz moscada ralada e o creme de leite, mexendo bem. Salpique uma generosa camada do queijo sobre a couve flor e despeje a mistura líquida. Leve para assar em fôrno pré aquecido até dourar por cima e a mistura estiver sólida.

Pode servir como prato principal ou com algum acompanhamento, como uma salada, por exemplo.

Rápido, fácil e gostoso. Pode experimentar. Bom apetite!

11 abril 2011

Risoto Caprese

Tinha ouvido que o fim de semana seria de frio. Havia me programado para fazer comidas mais "quentinhas". Mas o que aconteceu foi o contrário, um climinha bem agradável. Então, tive que partir para o plano "B".

Dá uma olhada no que saiu...

Risoto Caprese
(servindo 4 pessoas)

Ingredientes:
2 xícaras de arroz arbório, próprio para risoto
1/2 cebola branca picada em pedaços bem pequeninos, ou ralada
2 colheres (sopa) de manteiga - não use margarina
1,5 litro de caldo de legumes (aproximadamente)
1 1/2 xícara de vinho branco seco
1 colher (sobremesa) rasa de páprica doce
1 punhado de manjericão (usei o roxo) bem batidinho com a faca
2 colheres (sopa) de azeite extra virgem
1 embalabem (que parece uma uva) de tomate- uva (sweet grape)
4 bolas médias de mussarela de búfala
1 punhado de orégano fresco (de preferência)
sal a gosto
queijo parmesão ralado

Preparo:
Antes de começar o risoto faça o seguinte: lave os tomates, seque-os bem e corte-os na metade. Reserve. Não acrescentei nada pois o sabor deles é adocicado e sem acidez. E também porque não queria que eles soltassem líquido.

Corte a mussarela em pedaços tipo cubinhos (ou ao seu critério) e regue com um fio de azeite. Reserve.

Misture o manjericão picadinho ao azeite. Reserve.

Agora começe o risoto. O preparo básico pode ser acompanhado AQUI .

Logo que colocar a primeira concha de caldo de legumes, acrescente a páprica. Quando o arroz estiver no ponto, desligue o fogo, acrescente o azeite de manjericão e o queijo ralado. Aguarde uns 3 minutos com a panela tampada.

Para servir, coloque o arroz no prato e disponha por cima o tomate, a mussarela e salpique o orégano. Pronto. O próprio calor do arroz fará com que o tomate e a mussarela fiquem levemente aquecidos. Sirva a seguir.

Fiz um acompanhamento de salada de agrião temperada com pouco sal e azeite e salpicada com queijo gorgonzola.

Ficou tudo uma delícia. Bom apetite!


08 abril 2011

Minha cozinha de portas abertas

Minha paixão por cozinhas não se resume somente à culinária. Vou explicar: sou arquiteta, e também projeto esses espaços, não só crio NA cozinha mas também A cozinha.

Resolvi compartilhar a minha própria, por um lado porque fui eu que a criei e por outro para falar das minhas impressões sobre um movimento que está acontecendo, valorizando esse espaço da casa e do mundo "foodie".

De uns anos para cá houve um interesse em diferenciar essa área da casa. Muitos de meus clientes querem justamente começar o projeto pela Cozinha. O que antes era somente um espaço para preparar alimentos, hoje é um lugar de destaque, ganhou um status de área Social. Há uma preocupação com estética, funcionalidade, praticidade e harmonia de materiais. Veja por exemplo os novos edifícios, que oferecem a tal "Cozinha Gourmet", ou "Espaço Gourmet".

Isso acontece porque atualmente receber e preparar você mesmo o cardápio, muitas vezes juntamente com seus convidados virou uma tendência. Hoje em dia posso contar nos dedos de uma só mão (e não vou conseguir completar) os amigos (homens e mulheres) que não sabem ou não gostam de cozinhar. Cozinhar virou coisa "chique".

Outra questão é a importância da culinária na mídia. Quando era criança lembro-me somente de um programa que passava na TV, da Ofélia, destinado basicamente ao público feminino e no horário da manhã. Muitos de vocês podem nunca ter ouvido falar dela, era uma "Palmirinha" das antigas (é gente, estou "raspando" nos 50 anos....rsrsrs). Bom, veja hoje o status que os programas adquiriram. Aqui no Brasil são apresentados na TV a cabo em horário nobre e algum desses cozinheiros/ chefs viraram verdadeiros "popstars", como o Jamie Oliver ou nossa "musa" Nigella Lawson. Tem até reality show de competição de chefs de cozinha!

E ainda outra tendência é o fenômeno dos Blogs, sites e portais de culinária na internet. Até me aventurar nesse universo de blogueira, não fazia a menor ideia da abrangência  e do nível de informações compartilhado nesses espaços. Viramos uma força poderosa até na questão de defesa do consumidor. Se por exemplo um de nós tiver algum problema com algum produto e se queixar no seu Blog, veja com que rapidez essa informação irá se processar. Sem contar o empenho e a qualidade desses espaços, muitas vezes muito melhores que alguns livros que circulam por aí.

Bom já me estendi demais. Mas queria compartilhar um pouco dessas minhas impressões com vocês!

E logo logo farei um post com algumas das cozinhas mais recentes que projetei e executei para provar o que estou falando. E agora, pode entrar e ficar à vontade na "Cozinha da Bruxa Solar", mi casa es su casa...








07 abril 2011

Salame de Chocolate da "Cozinha Maravilhosa de Claudinha"

Olha como tem gente fofa nesse mundo: outro dia recebi um e-mail via rede social de uma amiga querida, a Vania, que segue abaixo:

Oi, Sandra!

Minha amiga Cláudia me pediu pra te passar uma mensagem (ela não conseguiu porque não é sua amiga). Aí vai:

"Sandra, sou amiga da Vânia e vi seu blog. Dê uma olhada neste álbum que fiz para uma amiga que insistiu MUITO para eu lhe ensinar o salame de chocolate. Se quiser te passo as fotos e tudo. É bem gostoso e faz um super sucesso.
Bjs!!"

Claro que eu disse que queria. E quando vi as fotos e a descrição com passo-a-passo, decidi postar exatamente do jeitinho que ela passou. Está tudo super bem explicado, as imagens são uma graça e tem também a surpresa da foto no final...
 
Claudinha e Vaninha, em reconhecimento a vocês decidi fazer uma seção Receita dos Colaboradores, em homenagem a quem "dá uma mão no Caldeirão". Super super obrigada, queridas!
 
 
Ingredientes:
1 lata de leite condensado
2 colheres (sopa) de chocolate em pó
2 colheres (sopa) de manteiga ou margarina
3/4 do pacote de bolacha tipo Maizena
passas, nozes ou amendoim (opcional)
filme plástico
 
Preparo: Siga os passos da Claudinha...

1~Faça um brigadeiro com: 1 lata de leite condensado, 2 colheres de sopa de chocolate em pó, 2 colheres de sopa de manteiga/margarina. Espere quase dar o ponto de enrolar. Só um pouco mais mole!

2~Pique 3/4 de um pacote de biscoito maizena em pedaços pequenos

3~Depois de esfriar um pouco, misture os biscoitos na massa e, se quiser, acrescente as passas, nozes ou amendoim

4~Abra sobre a mesa um pedaço de mais ou menos dois palmos de filme plástico e corte com a tesoura. Coloque metade da massa sobre o filme plástico, de preferência usando duas colheres
 5~ Enrole o plástico sobre a massa e role na mesa com as mãos, como uma cobrinha de massinha. Dê um nó em uma extremidade

6~ Depois de dar o nó, levante o salame e force a massa para baixo. Dê o outro nó. Enrole de novo para ficar bonitinho e corte o plástico que sobrou nos nós. Ponha na geladeira por 4 horas

 
7~ Corte com uma faca, tire o plástico de cada fatia e compartilhe com os amigos!!!
 
Gostaram?
 
Agora uma dica da Bruxa: Faça uma embalagem fingindo ser salame de verdade, com um adesivo com algum desenho interessante e criativo e cole no corpo do salame. Faça também uma etiqueta tipo um lacre e amarre em uma das extremidades. E assim dá para você ter mais uma opção de presentear na Páscoa.
 
Ah, e quem tiver alguma receita para compartilhar, pode enviar para o bruxasolar@gmail.com. Só peço para serem receitas vegetarianas ou doces, ok?

06 abril 2011

Espaguete com "cobertura"

Costumamos almoçar fora aos domingos, o que está cada vez mais complicado aqui em São Paulo. Nem vou entrar no mérito dos preços abusivos dos restaurantes, mas sim de outros fatores: tempo absurdo de espera (1 a 2 horas só para sentar, a não ser que você almoce antes do meio dia ou depois das 4 horas), manobristas que pegam teu carro e só Deus sabe como você vai receber de volta, estacionamentos lotados, guardadores de rua que "guardam" seu carro deles mesmos (senão eles te arranham a lataria toda) e agora os arrastões, ladrões que entram nos restaurantes e levam todos os pertences dos consumidores (e as autoridades, como sempre, lavando as mãos, aconselham você a procurar lugares mais "abertos" e levar somente o dinheiro necessário, solução entre a incompetência e a bizarrice). Ufa, chega de desabafo...desculpe, gente! :-(

Pois bem, esse domingo o almoço foi caseiro. E como estava sem muitas provisões para fazer algo melhorzinho, tive que apelar para a criatividade. Cozinhei uma massa, ótimo, e como não queria fazer um molho convencional, peguei uma "sobrinha" de legumes do dia anterior. Não foi um molho, virou uma "cobertura". Mas ficou tão surpreendentemente gostoso que agora virou receita. Quer ver?


Espaguete com "cobertura"

Ingredientes
espaguete grano duro
sal
azeite extra virgem
2 dentes de alho em lascas
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
1 berinjela média em cubos
1 abobrinha italiana em cubos
1 pimentão amarelo sem as sementes, em cubos
alecrim
sal
1/2 sachê de pó de caldo de legumes
azeite extra virgem
1 punhado de uvas passas pretas descaroçadas (hidratadas por 15 minutos)


Preparo
Em um pirex, coloque a berinjela, abobrinha, o pimentão e tempere com sal (pouquinho) e pó de legumes. Salpique o alecrim e regue com azeite. Leve ao forno e depois de 10 minutos, mexa para uniformizar o cozimento. Depois de outros 10 minutos ou quando estiver cozido, desligue o forno e junte as passas. Reserve.

Enquanto os legumes estão no forno, cozinhe a massa. Escorra. Na mesma panela, aqueça o azeite e coloque o alho para dar uma dourada. Junte o macarrão e mexa até envolver tudo no azeite.

Monte o prato com o espaguete e coloque os legumes por cima, como uma cobertura.
Bom apetite!

05 abril 2011

Colherinhas de canela e chocolate



São colherinhas mesmo, saborosas e perfumadas! Pra você mexer o seu leite quente, chocolate, capuccino e até mesmo um cafezinho.

Essa sugestão você pode fazer e ter em casa para seu próprio deleite ou para quando receber amigos e apresentar um 'mimo' a mais.

Estou aproveitando essa época da Páscoa porque também é um presentinho bem bacana, baratinho e com certeza as pessoas vão gostar de receber.

Infelizmente não tive tempo para fazer uma composição de presente, tipo uma embalagem transadinha, acompanhando talvez alguma xícara de ágata esmaltada ou de cerâmica artesanal. Bom, mas já dei as dicas, agora use sua criatividade!

Colherinhas de canela e chocolate

Você vai precisar de:
1 fôrma para fazer mini ovos de Páscoa
paus de canela (quantidade a seu critério)
chocolate de sua preferência (ao leite, meio amargo, ou até misturar os dois)

Modo de fazer:






Dicas importantes:
1~ NUNCA deixe cair água no chocolate
2~ O pirex não entra em contato direto com a água fervida, tem que deixar suspenso, é o vapor que derrete o chocolate
3~ Bata as forminhas quando essas estiverem preenchidas na bancada ou mesa, para que não se formem bolhas
4~ Você sabe o ponto certo de moldar o chocolate quando, ao colocar um pouquinho dele nos seus lábios a sensação é que ele está frio
5~ Retire por alguns minutos da geladeira antes de desenformar

Existem várias maneiras de preparar o chocolate. Essa que utilizei, peguei DAQUI

Espero que tenham gostado!



04 abril 2011

Bolo de creme de leite

Sabe aquela receita: rapidez e facilidade de execução + ingredientes que normalmente temos em casa + sabor gostoso e diferente? Pois é, resumindo é esse bolo que minha cunhada Marina me passou há mais de 20 anos, e que eu costumava fazer sempre, só que de um tempinho pra cá andava meio esquecida.

Aí sabe, domingo à noite, queria comer um bolinho, tinha trabalhado o fim de semana inteiro (e não tinha ido ao supermercado, despensa quase zero) e preguiça...consultei meu "oráculo", o meu caderno de receitas beeemm antigo e todo esbeiçado e ressucitei essa receita.

Delícia, vou voltar a fazer mais vezes...de novo!


Bolo de Creme de Leite
(fôrma 30 cm de diâmetro)

Ingredientes:
3 ovos inteiros
2 xícaras (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 lata de creme de leite
1 pacote (100 g) de queijo ralado
2 colheres (sopa) de manteiga ou margarina
1 colher (sopa) de fermento químico- não muito cheia



Preparo:
Bater todos os ingredientes no liquidificador. Despejar em fôrma untada e enfarinhada. Salpicar açúcar e canela em pó na massa crua. Levar para assar em forno pré-aquecido até, ao espetar um palito no meio do bolo, ele saia sequinho.

Viu? Não é fácil? Experimente!